Luz

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

A minha Tulu

Presente da Luz

Estou confusa - Assunto T...

AAAHHHHHHHHHHHHH

Exposição solar

Qual será o "Sindrome"?

Boneca da Luz

Estaremos, só por acaso, ...

7 da manhã, olho aberto

Que silêncio

Palavras para quê...

Haja justiça

Passado da Luz

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Boneca da Luz

Meez 3D avatar avatars games

Awards e Prémios

Da Sonjita, do Bento, da Rosa Xhoque, da Ângela, do Dark, da Andie. ADORO-VOS!

Prémio Rosa Xhoque

Da Ângela, Sonjita, Andie, Miss Crash, do Pandora, da Miss T, do Zizi Bento.

Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Não há dúvida, tens futuro!!!!

Matrículas

Fui mandar fazer matrículas e nem os documentos do carro pediram. Pedi a minha matrícula como poderia ser outra qualquer. Está mal, não concordo que possa ser assim!!

Desafio: Porque tens um bloque?

A Nice desafiou-me, aqui fica.

1. Porque tenho eu um Blog?

 

Este blogue foi criado com uma finalidade mas hoje é usado apenas como desabafo e convívio, ficando essa dita finalidade reduzida a uns quantos post.
Não deixei de acreditar no tema que me levou a criar este blogue, muito pelo contrário, mas deixei de ter necessidade de partilhar isso.

Os meus ataques de raiva estão longe de ser características de um ser desenvolvido, mas eu sou apenas um ser que procura o desenvolvimento e não um ser perfeito, se fosse perfeita não estaria encarnada na neste planeta!

 

Hoje este blogue é mantido porque adoro a maioria das pessoas que por aqui anda, as excepções são umas aves raras que por vezes aqui passam e que são completamente desprovidas de cérebro; porque gosto de partilhar as minhas neuras e de ler as neuras dos outros; porque ao mesmo tempo que detesto certas criaturas que por aqui passam dá-me imenso gozo vê-las chocadas com certas coisas que lêem (é para ser sincera não é?? é isso que estou a fazer) eu divirto-me com o choque das pessoas que não gosto mas isso não é novidade para quem já me lê faz tempo; e por fim não pensem que este blogue é utilizado para dizer o que não digo no meu dia-a-dia, tudo o que aqui está escrito foi por dito verbalmente, não é de todo um blogue usado para escrever o que não consigo dizer, longe disso!

 

Este blogue será mantido enquanto me der prazer, pois por frete não faço seja o que for.



2. Vou desafiar os seguintes?
Vou desfiar  os seguintes a responderem ao desafio:

Todos vocês que eu adoro, vocês sabem quem são, até porque comigo é fácil, se não  os corri daqui ao pontapé é porque gosto!!! LOLOLOLOL

 

3.  Resposta de vida ou morte:

- Porque segues o blog que te lançou o desafio?

Conheço o blogue há pouco tempo, até agora estou a gostar, mas com pouco tempo para comentar. Adorei as unhas vermelhas...

 

Será que é o mesmo?

Será que este é o mesmo que queria fazer manifestação no funeral do Ledger por causa do papel que desempenhou em Brokeback Mountain?

EHEHEHEH

 

"PASTOR DE IGREJA ENCONTRADO EM CLUBE DE STRIP

 

Dois dias depois de ter desaparecido, um pastor de uma igreja no estado de Nova Iorque, Estados Unidos, foi encontrado num clube de striptease em Dayton, Ohio, a mais de 600 quilómetros de distância.

Segundo escreve o site G1, Craig Rhodenizer tinha dito à mulher que ia levar o computador para arranjar.

Um polícia de Ohio fazia a ronda no estacionamento do clube de striptease, quando encontrou o carro do pastor, que era dado como desaparecido até pelo FBI.

Segundo a polícia, Rhodenizer, de 46 anos, ficou desorientado ao ser encontrado e disse que se sentia «emocionalmente culpado»."

 

 

Tanta moral, tanta moral...

E lá se foram as férias...

Hoje adormeci. Coisa rara mas de prever depois de 15 dias de férias e a recente mudança de hora.

 

Acordei bem, fui levar o miúdo à escola (onde já ia a carrinha aquela hora...) e fartei-me de rir com a maior anedota do ano, na escola da "desgraça" quem for apanhado com telemóveis ligados na aula vê-los-á confiscados e entregues à PSP ou Instituições de Caridade.

Parecia uma maluca a rir à gargalhada.

A mãe de um colega do meu filho percebeu porque me ria (o rádio ouvia-se bem) e começou a rir-se comigo, só hoje percebi que é Juiz, dizia ela que estamos bem enquanto a estupidez não for contagiosa mas que há diferença entre proibir e confiscar, diz ela que proibir podem mas confiscar e entregar a alguém que não seja o E.E. não, e mesmo assim... Como estou longe de ser advogada quanto mais Juiz, resta-me alegrar-me por as minhas ideias estarem praticamente de acordo com a lei. Diz ela que gostava de ver confiscarem o telemóvel ao filho. E depois eu é que sou doida...

 

Ontem para não me irritar mais com o tema, quando ouvi no noticiário que a professora coitadinha ainda não ia começar hoje a dar aulas porque ainda estava muito fragilizada, pobrezinha, resolvi ligar à minha mãe e pôr a conversa em dia. Acabamos por falar no assunto, parece que é difícil fugir. Bons professores são assim, não importa se pode haver destabilização de uma turma por ter outro professor no 3º período, o importante são as fragilidades que a própria criou.  A minha mãe deu aulas antes de eu nascer e não se lembra de na altura haverem professores frágeis...

 

O meu marido deu uma ideia excelente quando lhe perguntei se tinha ouvido a notícia de confiscarem os telemóveis, disse ele:

Que tal se organizar uma campanha?

 

Uma campanha? - perguntei eu.

 

Sim, coitados dos professores não têm telemóveis decentes precisam de confiscar os dos alunos, muitos até se dão ao trabalho de criticar por haver alunos com topos de gama, pura dor de corno, acho que se calhar poderiamos organizar uma campanha de angariação de telemóveis. Pura campanha de solidariedade! - disse ele

 

Ihhh oh mor, eu é que costumo ter essas ideias, estás a ser mau, não vale fazeres-me concorrência. - disse eu

 

Pois é, mas estou farto. Vêm para aqui e criticam que estão muito tempo à espera, que estão doentes e que nunca mais são atendidos, que nós somos isto e aquilo... Mas quando tratam mal os nossos filhos não se lembram que precisam de nós e nós deles, que o mundo é assim mesmo, e que somos humanos e não máquinas de produção. P&%$ que os p&%$& estou farto! Batem nos nossos filhos, tratam-nos mal e depois quando estão a cair para o lado "ai ai preciso de ajuda" e porque tenho de ajudar, porque não os posso tratar como trataram os nossos filhos, porque não os posso deixar morrer? Já não tratavam mal mais ninguém!

Ainda à dias perguntei a um o que fazia, fez-me lembrar um que ouviste um dia, disse-me que deu aulas mas que agora esta no desrmprego por opção, come o dinheiro ao estado e não atura os filhos dos outros. E eu tenho de descontar para chulos??? - disse ele já passado com o assunto.

 

 

E pronto, por muito que seja radical tenho de admitir que a maioria dos pais pensa assim, pelo menos a maioria que já se cruzou com professores que jamais o deveria ser. No dia-a-dia ainda não encontrei ninguém que defendesse a professora da escola da "desgraça", o único sítio que houve defesa foi aqui no blogue. Até o meu marido me disse que no Universo imenso de pessoas com quem trabalha ainda não encontrou ninguém. A maioria opta pelo mesmo que o Renato já disse aqui, a aluna merecia uma chapada mas a professora também. Há um colega do meu marido que opatava por dar duas à professora em vez de uma. Uma pela luta com a aluna e outra pelo exemplo que não deu e deveria ter dado.

 

O Mundo é um Mundo de opiniões!

Sábado, 29 de Março de 2008

Tudo para o banho

Hoje aproveitamos o sol e o calor que está por aqui e os cães foram todos para o banho.

Está na altura da muda do pêlo, não há escova nem cardadeira que lhes valha.

 

Um deles fica tipo estátua de tanto que gosta de banho, deita-se tipo frango e põe-se mole para sermos nós a virá-lo. A parte complicada é que ele e um "monstrinho" de quase 50 kg.

 

Fiquei cansada, mas não o suficiente que me impedisse de fazer uma tarte de maçã que está agora no forno.

Sexta-feira, 28 de Março de 2008

Afinal a escola do meu filho não é única...

E agora o que me dizem a esta notícia????

 

 

"Por favor, ligue o telemóvel antes de entrar na sala de aula. Este podia ser o aviso a colocar à porta da sala de aula de português do 11º ano na Escola Secundária Carlos Amarante, em Braga. Ao contrário do que acontece em todo o país, aqui os dispositivos móveis não são desligados e até ajudam a estudar. Até já existe uma palavra próprio: M-Learning, que surge na sequência do e-learning.

«As tecnologias móveis têm cada vez mais potencial e é uma pena não utilizá-las, por isso procuro utilizar as suas potencialidades, seja a partir do telemóvel, ou de leitores de mp3 e mp4, para facilitar a aprendizagem. No telemóvel, podemos, por exemplo, aproveitar a sua capacidade de armazenamento, áudio e captação imagens e vídeo para uma melhor integração dos alunos», contou ao PortugalDiário a professora Adelina Moura, que desenvolve este projecto no âmbito da investigação que está a realizar para a tese de doutoramento que vai apresentar no Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho.

«Aproveito estas tecnologias e trago-as para dentro das salas de aulas. Neste sentido, criei um ambiente de aprendizagem no Google Pages, porque permite o acesso a partir da versão web ou mobile, ou seja, através do computador portátil ou do telemóvel», revelou, passando a apresentar exemplos práticos:

«Ensino literatura portuguesa no Ensino Secundário, mas no ensino profissional, por isso neste momento estou a dar os Maias. Por vezes, no ensino profissional, precisamos de muita imaginação para captar a imaginação dos alunos, por isso gravei aulas em episódios de cinco a dez minutos para que os alunos possam ouvi-las a caminho de casa, se não quiserem ouvir a professora na sala de aulas. Utilizo os telemóveis, porque também quero que os alunos sejam produtores de conteúdos, e proponho uma série de abordagens».

Apoio do Ministério da Educação

A integração das ideias dos alunos é um apelo constante. «Em vez de procurarmos imagens ou filmes na Internet, fazemos com que os alunos façam parte desse processo, com os seus próprios conteúdos. É a visão do aluno, que assim também se acha mais importante, pois participa activamente na sua abordagem dos temas», referiu, adiantando mais um pormenor: «Usamos as SMS para construir um poema a várias mãos e cada um dá o seu contributo».

Este bom exemplo já chamou a atenção do Ministério da Educação, que vai passar a apoiá-lo no âmbito do Plano Tecnológico. «Até agora temos usado os nossos próprios recursos, mas penso que é possível fazer melhor», frisou Adelina Moura."

 

Notícia aqui

Quinta-feira, 27 de Março de 2008

Já não estou tão irritada...

(Sei que tenho prémio e desafios, perdoem-me ainda não ter colocado aqui)

 

Agora o tema do post :

 

As gargalhadas que dei diminuíram a minha irritação.

 

O meu filho não tinha ouvido a notícia do "dá-me o telemóvel", hoje para além de ouvir viu.

Perguntou-me porque estava a aluna a tirar o telemóvel à professora e expliquei-lhe que estava a tirar porque o telemóvel não é da professora, é dela mas a professora tirou-o.

 

Olhou para mim e disse "mãe então a professora estava a roubar!!!". Desmanchei-me em gargalhadas porque embora seja exactamente o que eu pense ele nunca me tinha ouvido falar do assunto.

 

Bem, depois de tanta indignação dele, de tantas perguntas como:

- os pais da aluna não disseram nada à professora?

- a polícia não fez nada?

- ela vai continuar a dar aulas e roubar os alunos

etc

percebi a razão da indignação, que, grande gafe, eu desconhecia completamente, mas aqui fica a explicação:

 

"oh mãe eu fico surpreendido que uma coisa destas aconteça, porque embora tu não me deixes levar o telemóvel para a escola (só para as visitas de estudo) há meninos que levam e quando os pais telefonam eles perguntam à professora se podem atender e ela deixa, pede apenas para não falar ali!"

 

Ora então conclui que:

 

Se eu adorava a professora do meu filho por ser excelente com eles, pacífica, consegue o que quer deles sem precisar de berrar como a maioria, eles adoram-na e é de facto gratificante e uma paz espectacular saber que eles estão com uma pessoa assim (como já várias vezes disse aqui), ralha como é óbvio mas eles têm respeito por ela e não medo, é muito presente e preocupada, tem um método de ensino muito porreirinho.... Ora como eu dizia, se a adorava agora amo-a!

 

Haja alguém normal neste mundo!!!!

 

Fica então provado que se pode ensinar, aprender, ter boas notas sem andar à guerra com uma aluna na aula.

 

Recordo-me que quando era miúda a minha mãe liga para a escola e falava comigo para saber como eu estava. Não haviam telemóveis, eu tinha de sair da sala (e voltar a entrar está claro) e nunca ouvi ninguém se queixar... Eu ligo para a escola do meu filho, não todos os dias, mas ligo, porque não o deixei até hoje levar o telemóvel para e escola como ele mesmo disse, ligo para a escola e não para o telemóvel.

 

Andei na net a ver se era doida... Fiquei sem saber se sou ou não, mas conclui que se sou estou longe de ser única!

 

Bem, mas voltando ao visionamento do vídeo em que a aluna tenta reaver o seu telemóvel, vocês tinham de ver o meu filho. Ele estava chocadíssimo e eu só me ria! Tadinho ele não estava a entender porque eu me ria tanto. Eu já desconfiada mas o miúdo é tal e qual a mãezinha dele. Ele só dizia "à minha filha ela não fazia isto... a minha professora não faz coisas más destas... a minha professora não nos rouba as nossas coisas... ai ai que eu nem sei o que fazia se fosse minha filha..." até que ele diz a parte que eu gostei mais...

"oh mãe, olha que eu nunca vou deixar que me tirem o telemóvel!!!"

Então aqui é que eu me desmanchei toda... Eu queria falar, queria limar umas arestas, explicar-lhe as coisas de maneira diferente e não conseguia. Eu só ria, ria, ria.

 

O meu marido que estava da parte de fora da casa mas muito perto da porta e por isso a ouvir-nos ria por contágio. Depois dizia o meu marido "estás tramada estás, estamos, esse ainda vai sair pior que tu!".

 

Gostei MUIIIITO , o miúdo tem garra, luta pelo que acredita.

 

É mesmo assim meu filho!!!!

 

 

Andie , em relação ao privado. Claro que não tem nada a haver. Tu dizes como queres e eles fazem é para isso que pagas (pelo menos é para isso que pago). Mas não impede de haver problemas. Olha o problema que o meu filho teve e o que eu tive em miúda. Aconteceu no privado! Verdade seja dita que para resolver é bem mais fácil pois para eles é melhor perder um professores do que várias mensalidades. Há excepções, experimentei essa excepção com a situação do meu filho e neste caso perderam a mensalidade e o professor! Mas é sempre mais fácil. Têm nome e alvarás a defender ... o que não acontece no estatal... Bj )

Ai o raio que me... lixe

Então agora o miúdo que filmou também se vai embora da escola?

 

Raios me partam!

 

Bem, eu que passo a vida a gabar-me (literalmente a gabar-me) que sempre fiz o que quis porque me podia valer das notas, tenho a dizer que não poderia ser aluna nos dias que correm... Não havia notas que me salvassem!

 

Então uma professora pode andar "à luta" na sala de aula mas o aluno não pode filmar, sim senhor , que cambada!

 

E pensar que nos intitularam geração rasca... Se calhar é importante lembrar que a geração rasca do inícios dos anos 90, aquela que andou a mostrar o cu à ministra, é a mesma que hoje dá aulas e a mesma que fala dos alunos de hoje... Mas claro, isso é só um pormenor pequenino e insignificante. Eu é que sou isto e aquilo, eu que não mostrei o cu a ninguém é que sou criticada por dizer que não admitiria uma situação destas. Que alunos foram estes professores? Se calhar era bom saber! Tal como era bom saber que notas tiveram, há por aí muitos que se queixam que foram colocados aqui e ali, mas muitos outros dizem que são colocados mais ou menos onde querem, graças às notas que tiveram. Não vejo esses com medo de avaliações e afins. A maioria dos que para aí andam a criticar alunos, encarregados de educação , ministros, etc. , fizeram licenciaturas à rasquinha, quase não sabem para eles quanto mais para os filhos dos outros.

 

Perdoem-me os professores como deve de ser, mas julgo não ter de me preocupar com esses, pois não costumam enfiar carapuças que não lhes servem.

 

Desculpem a minha repetição, mas eu tenho um fraquíssimo poder de encaixe e não suporto ter coisas por dizer, não dá para mim.

 

Podem vir as críticas. Aproveitem que o blog está sem moderação!

Curiosidade...

Quanto custará um advogado decente para a miúda do telemóvel?

Horas de Luz

online My Great Web page http://www.facebook.com/BENCAOmtc

Etiquetas

abandono crianças(2)

acupunctura(1)

animais(2)

aniversário; afectos(1)

aniversário; filho(1)

anorexia(1)

bencao(1)

boneca(1)

crenças(1)

desabafos(1)

dimensões(1)

esmeralda(4)

espanha(1)

férias(1)

fernando pessoa(2)

filho(7)

filhos; silêncio(1)

filmes(2)

fitoterapia(1)

fotofobia(1)

hipocrisia(1)

índigo(1)

ivg(2)

livros(2)

mário quintana(1)

natal(2)

poemas(1)

recordações(1)

regresso(1)

revolta(5)

ridículo(2)

saúde(3)

sensibilização(2)

séries(1)

tourada(1)

triste(1)

vida(5)

todas as tags

Award Oferecido

pelo Joseph

Visitantes

Locations of visitors to this page

subscrever feeds