Luz

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

A minha Tulu

Presente da Luz

Estou confusa - Assunto T...

AAAHHHHHHHHHHHHH

Exposição solar

Qual será o "Sindrome"?

Boneca da Luz

Estaremos, só por acaso, ...

7 da manhã, olho aberto

Que silêncio

Palavras para quê...

Haja justiça

Passado da Luz

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Boneca da Luz

Meez 3D avatar avatars games

Awards e Prémios

Da Sonjita, do Bento, da Rosa Xhoque, da Ângela, do Dark, da Andie. ADORO-VOS!

Prémio Rosa Xhoque

Da Ângela, Sonjita, Andie, Miss Crash, do Pandora, da Miss T, do Zizi Bento.

Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2008

Oh Sr. Presidente do INEM siga o exemplo do Ministro...

"A Associação Nacional dos Técnicos de Emergência (ANTEPH) pediu hoje ao Governo "medidas claras" para a reorganização do socorro, como a "profissionalização" das ambulâncias de socorro pertencentes aos bombeiros e a criação de centrais integradas de emergência médica.

 

A ANTEPH, em comunicado enviado à Agência Lusa, pediu ao Governo que suspenda de "imediato" as actuais medidas e referiu que, situações como as que têm ocorrido no distrito de Vila Real, demonstram a "clara falta de apoios que o INEM e a Autoridade Nacional de Protecção Civil têm dado às corporações de bombeiros, uma vez que são do conhecimento de todos e nada foi feito para serem corrigidas".

 

As seis corporações do concelho, Alijó, Sanfins, Favaios, Pinhão, São Mamede de Ribatua e Cheires queixam-se de não terem qualquer tipo de protocolo com o INEM, que dizem dificultar a sua actuação.

 

Para a ANTEPH, a actual situação que se vive na emergência pré-hospitalar deve-se à "política de desintegração do socorro, utilizadas pelo INEM, através da megalomania de ter uma rede de ambulâncias próprias, desapoiando as estruturas já existentes".

 

Segundo a associação, no distrito de Vila Real, "existe uma clara incapacidade da prestação do socorro em pelo menos 14 corporações por incapacidade financeira para profissionalizarem as suas ambulâncias pelo período de 24 horas, situação idêntica em pelo menos 25 por cento dos corpos de bombeiros existentes no país".

 

Na análise que fez à rede de ambulâncias do INEM, a ANTEPH concluiu que "não houve a preocupação de reforço dos meios nas áreas onde este eram deficitários, uma vez que foram colocadas em zonas onde o socorro na maioria dos casos já estava garantido pelas corporações de bombeiros, que já possuíam equipas profissionais durante 24 horas por dia, exemplo disso diz que é o caso de Anadia e Odemira.

 

Para a associação, outro facto que está na origem da desorganização do socorro, é a existência de duas centrais a coordenar os meios de socorro, ou seja, o INEM com mega centrais (Porto, Coimbra, Lisboa e Faro) e os centro de coordenação operacionais distritais na dependência da ANPC.

 

No comunicado, a ANTEPH diz ainda não compreender "como já não se avançou para centrais integradas ao nível distrital, uma vez que estão mais próximas das populações e com maior capacidade de gestão de meios. Se existissem, os casos de Alijó e Favaios não tinham ocorrido".

 

E lamenta que uma chamada de socorro, "que é confidencial e que devia estar protegida tenha vindo para os órgão de comunicação social" e diz que se tratou de uma "medida clara de desvalorizar o serviço efectuado pelos corpos de bombeiros, passando uma realidade que não é nacional e que cria insegurança onde não existe".

 

Por fim, a associação responsabiliza o INEM por criar uma "falta sensação de segurança nas populações resultado da implementação de ambulâncias que são tripuladas por profissionais sem qualquer experiência em pré-hospitalar e com uma formação insuficiente para ocorrer as diversas situações".

 

Também hoje, e por causa do INEM, o Bloco de Esquerda, anunciou que vai requerer a audição parlamentar do presidente do INEM para que sejam prestados esclarecidos sobre "os meios, orçamento e capacidade de resposta" do organismo em todo o território nacional."

 

Notícia completa aqui.

Por Luz às 13:43
Link do post | Comentar
|
2 comentários:
De jocasipe a 1 de Fevereiro de 2008 às 14:34
É triste tomar consciência do verdadeiro Portugal, muito além dos estádios de futebol, das cimeiras internacionais, nos tratados de Lisboa e outras megalomanias. Parece um País "para inglês ver".
De Paulo Ferreira a 2 de Fevereiro de 2008 às 14:24
A ANTEPH, uma organização que era considerada pelo o EX SR ministro como sem importância e sem influencia, sabe o que diz e sabe o que quer, somente tenho pena que não existam mais associados a inscreverem-se, principalmente os tripulantes de ambulância.

Concordo globalmente com o comunicado, e somente tenho pena que os pavonios que são responsáveis pela governação e pelo SIEM não leiam e reflectem sobre o que andam a fazer, antes que seja tarde.

Comentar post

Horas de Luz

online My Great Web page http://www.facebook.com/BENCAOmtc

Etiquetas

abandono crianças(2)

acupunctura(1)

animais(2)

aniversário; afectos(1)

aniversário; filho(1)

anorexia(1)

bencao(1)

boneca(1)

crenças(1)

desabafos(1)

dimensões(1)

esmeralda(4)

espanha(1)

férias(1)

fernando pessoa(2)

filho(7)

filhos; silêncio(1)

filmes(2)

fitoterapia(1)

fotofobia(1)

hipocrisia(1)

índigo(1)

ivg(2)

livros(2)

mário quintana(1)

natal(2)

poemas(1)

recordações(1)

regresso(1)

revolta(5)

ridículo(2)

saúde(3)

sensibilização(2)

séries(1)

tourada(1)

triste(1)

vida(5)

todas as tags

Award Oferecido

pelo Joseph

Visitantes

Locations of visitors to this page

subscrever feeds