Luz

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

Presente da Luz

Estou confusa - Assunto T...

AAAHHHHHHHHHHHHH

Exposição solar

Qual será o "Sindrome"?

Boneca da Luz

Estaremos, só por acaso, ...

7 da manhã, olho aberto

Que silêncio

Palavras para quê...

Haja justiça

Passado da Luz

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

Grande Reportagem da SIC

O tema de ontem foi o Colégio Militar e os miúdos que lá andam.

 

Fiquei a pensar quantos lá andaram contra vontade, visto ser um regime de internato.

 

Na apresentação da reportagem que deu à hora de almoço, apareceu um miúdo sentado no passeio a chorar e a repetir "tirem-me daqui". Soluçava de tanto chorar.

 

O meu filho perguntou-me várias vezes porque há pais que tomam estas decisões não permitindo aos filhos escolher. Tentei explicar. Só tentei porque também não sei porque o fazem. Nunca o fizeram comigo nem com ninguém meu familiar, talvez por isso me seja difícil compreender, são ideias e comportamentos muito distantes da minha realidade, da realidade em fui criada, da realidade em que crio o meu filho.

Ele entendeu o que lhe quis explicar mas com revolta. Eu obrigava estes pais a umas coisinhas para ver se eles gostavam - disse ele, longe de aceitar que nem todas as realidades são como a dele e de muitos outros meninos.

 

Houve uma situação que nos custou particularmente (ao meu marido e a mim), um castigo que é lá aplicado. Parece que por lá quando os professores não gostam de algo que os miúdos fazem, apresentam queixa deles e é-lhes dada uma "amarela", normalmente este castigo consiste na privação de ir a casa ao fim-de-semana.

Os professores sabem que eles serão privados de ir a casa, mas a cara deles (professores) era de prazer absoluto. O meu marido depois do nosso filho adormecer repetia vezes sem conta "que nojo", referindo-se aos professores.

 

Quando os pais os colocam neste colégio já sabem que eles podem sofrer este tipo de castigos, não ir a casa etc.

 

O meu marido e eu jamais assinaríamos uma autorização para mandarem e disporem do nosso filho como bem lhes apetecesse.

 

Julgo que cada um deve ter as suas opções mas tenho muita pena quando as opções de alguns daqueles miúdos não são ouvidas e outras lhes são impostas. Sofri a ver aquilo!

Por Luz às 14:47
Link do post
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Etiquetas

abandono crianças(2)

acupunctura(1)

animais(2)

aniversário; afectos(1)

aniversário; filho(1)

anorexia(1)

bencao(1)

boneca(1)

crenças(1)

desabafos(1)

dimensões(1)

esmeralda(4)

espanha(1)

férias(1)

fernando pessoa(2)

filho(7)

filhos; silêncio(1)

filmes(2)

fitoterapia(1)

fotofobia(1)

hipocrisia(1)

índigo(1)

ivg(2)

livros(2)

mário quintana(1)

natal(2)

poemas(1)

recordações(1)

regresso(1)

revolta(5)

ridículo(2)

saúde(3)

sensibilização(2)

séries(1)

tourada(1)

triste(1)

vida(5)

todas as tags

subscrever feeds